THE ALPHABET

AlphabetDependendo da turma, o alfabeto deve ser ensinado em ritmos diferentes. Crianças mais novas – entre 2 e 6 anos –  gostam da música mais estilo lulluby. As crianças mais velhas – a partir dos 5 ou 6 anos – gostam das melodias mais agitadas, estilo hip hop ou rap. Então, por que não apresentar o alfabeto no estilo de música que os alunos apreciam?  O resultado será muito mais eficaz. Aqui estão alguns exemplos. Mas o youtube está repleto de outros videos com vários ritmos diferentes.

Sugestão: Ensaiar um coral e/ou dança com os alunos vai animar e motivá-los mais ainda, fazendo com que os alunos memorizem o alfabeto mais rapidamente. E dá certo!! Que tal experimentar?! Compartilhem o resultado conosco depois.

Anúncios

Transport – Flashcards

 
  You can do several activities with these pictures. Don’t forget to laminate them so you can use them for many years to come.

  1. Use as visual aids for presenting new language.

  2. Print them twice so you can play a memory game on the board with whole class. Use glu tack to stick pictures on the board.

 3. You can play tic-tac-toe. Draw a big tic-tac-toe grid on the board. Stick one picture to each empty  square, picture hidden. Divide students in two groups. Each group chooses a square number. The  group has to know the name of the means of transportation. If they don’t know, the other group can  either choose another number or try to say the name of the means of transportation the other group  didn’t know. If no group knows it, the point goes to the teacher. The winner is the group which has a  horizontal, vertical or diagonal line first. If this doesn’t happen, the winner is the group with the most  correct answers. Click on the picture to download the flashcards

Programa Rio Criança Global © Dayse Alves Barbosa

Color Bingo

O bingo é um dos jogos que os alunos mais gostam. E, normalmente, premio o 1º, 2º e 3º colocados com um brinde escolar: borracha, lápis, apontador. Que tal então divertir a criançada na aula de inglês com esse jogo?

Clique na figura para fazer o download do jogo. Você pode imprimir e plastificar. Dessa forma, você poderá usá-lo para todas as turmas por anos a fio.

Have fun with your kids! They will, for sure! And learn!

Aprendendo Vocabulário

O website Vocabulary.co.il é  um site líder conhecido mundialmente com os melhores jogos de palavras online. Os jogos de vocabulário incluem busca de palavras,  cruzadas,  forca . Os usuários escolhem a lista de vocabulário que o jogo online usará. Os jogos de vocabulário são populares para o uso com smart boards com o objetivo de ampliar a consolidação das palavras.

Muitas pessoas ampliam seu vocabulário em inglês por meio de vários métodos – aulas de inglês, leitura, filmes em inglês e  com o uso de um software de aprendizagem de inglês. A utilização dos jogos de palavras é uma parte valiosa da aprendizagem do idioma. Há centenas de palavras nas listas de vocabulário do site.

Vocabulary.co.il é um divertido site educacional dedicado a ajudar o desenvolvimento de habilidades de leitura e fonética na língua inglesa. São oferecidos Jogos de Palavras Online que foram especificamente produzidos para a construção de habilidades lexicais e para motivar os estudantes a aprender por meio de prática divertida em soletração, fonética e vocabulário.

(…)

Muitos dos jogos de palavras do site Vocabulary Learning Fun são organizados em dezenas de categorias de listas de vocabulário. Ao fazer as conexões entre palavras e idéias, e entre palavras e figuras, construímos as habilidades lexicais. As conexões entre as palavras tornam o processo de construção de habilidades lexicais mais rápido e mais eficiente.  Este agrupamento de conhecimento por tópico é uma marca do site Vocabulary Learning Fun.

A diversão dos jogos de palavras auxilia tanto o falante nativo quanto o estudante estrangeiro a construir sua habilidade lexical. Há jogos de palavra para todos os níveis de inglês.

Fonte: http://www.vocabulary.co.il/

Crianças são únicas

Este é um post sobre as dificuldades dos docentes nas aulas de inglês, em geral no Brasil todo, a partir de observações e discussões em foruns específicos. Não há nenhuma relação com qualquer escola em particular, e nem com um docente específico, visto que esse é um assunto que se tornou relevante e onipresente em grande parte das salas de aula públicas e privadas.

Ser docente não é tarefa fácil e nunca foi… Quem esperava um mar de rosas e tranquilidade está se desapontando… Dar aula é muito mais do que passar conteúdo… transmitir saber… Estamos em contato com pequenos seres em formação e seria inocente acreditar que o papel de educar é apenas dos pais… Mesmos nós, que estamos em contato com as crianças por míseros 50 minutos por semana podemos fazer alguma diferença para essas crianças que, em 99% dos casos provavelmente, não recebem o afeto que as crianças de famílias como as nossas recebem. Eu, sinceramente, não gosto de enfatizar o negativo e o difícil… Frente à dificuldade, prefiro focar minha energia na busca de novos caminhos e estratégias para contribuir a minha parte no processo educacional. Se ficarmos enfatizando que o governo, que a sociedade, que os professores, que os alunos não colaboram, estamos gastando energia que deveria estar sendo usada para a busca de soluções. A solução também pode vir de dentro de nós, e, muitas vezes, não requer nenhum centavo… nada. Apenas vontade… O resto, as melhorias, podem ser consequência do risco que assumimos em acreditar na nossa capacidade em mudar, mesmo que o começo seja de apenas 1% de mudança.

Não vejo nenhum problema em deixar as crianças manusearem material que supostamente apenas o professor poderia manusear. Assim eu passo a elas a confiança que tenho na capacidade delas em adquirir autonomia no próprio aprendizado. Na verdade, as crianças tem a necessidade de usar e gastar a energia criativa através do toque também, através de um trabalho cinestésico em que acredito piamente.

A geração das crianças sendo educadas a maneira de THE WALL do Pink Floyd já acabou há décadas. Se as crianças berram e gritam durante a aula, algo está errado na dinâmica e no planejamento da aula. Temos que repensar a maneira como nossa aula está sendo ministrada a fim de integrá-los e motivá-los. Não, não é fácil. Mas não é impossível.

Por Dayse Alves Barbosa

TOYS and A GAME

Amei a aula de ontem.

A direção e pessoal da minha escola, a E.M. Prudente de Moraes aqui na Tijuca, é MIL % entusiasta da idéia. A coordenação, a direção, todos empolgados… Temos até um mural para inglês e a diretora separou uma salinha para as atividades mais lúdicas quando eu precisar. A comunicação entre nós está hiper super aberta e transparente. Estou me sentindo muito tranquila em fazer um trabalho para o sucesso deste projeto, pois a coordenadora, a diretora adjunta, a diretora, a supervisora, enfim, todas vêm falar comigo quando precisam esclarecer algo para tirar dúvidas ou para melhorar as aulas.

Ontem levei brinquedos para ensinar A DOLL. AN ACTION FIGURE, A BALL etc.  E depois fiz um joguinho. Dividi a turma em três times (A, B, C) e ia mostrando um brinquedo por vez para cada time, que tinha que falar o nome do brinquedo sem eu falar antes. Cada time que conseguisse ganhava um ponto por brinquedo acertado.

Depois, coloquei um brinquedo por vez em um saquinho escuro, e chamei um voluntário de cada time para, com os olhos vendados, tocar no brinquedo dentro do saquinho e falar o nome do objeto ao senti-lo pelo tato. Quem acertava ganhava um ponto para o time.

No final, tive primeiro, segundo e terceiro colocado.

Vou fazer um mural na sala com essas premiações. Eles sugeriram MEDALHAS de ouro, prata e bronze. Show, né? Tudo a ver com as olimpíadas. Já vou ensinando o que é GOLD MEDAL, SILVER MEDAL e BRONZE MEDAL.

E olha que TODOS ficaram atentos a aula TODA.

WOW!!!

Hello, teacher!

Comecei a dar aulas ontem, no município, sexta-feira, 27.08.2010. WOW !!!!!!!!!!!!!!!! Adorei minhas turminhas! Claro que tem sempre aqueles mais fraquinhos e outros que pegam mais facilmente, mas foi show !! Eu mesma virei cantora tb. rsrsrsrs

Adorei a EM Prudente de Moraes, onde fiquei lotada, porque só tem turmas até o 5º ano. E o interesse de todas as PII foi total. As PII ficaram em sala nessa primeira aula apenas para haver uma passagem tranquila, pois segundo ela, algumas das turminhas são “danadas”. Mas como tudo foi novidade, o Zip, isso mesmo, o Zip me ajudou a manter o interesse dos pequenos o tempo todo. E durante o recreio e depois do final das aulas, as professoras, diretora adjunta e coordenadora vieram me falar que as crianças já estavam falando “Hello, …” “I´m…” “Good morning”, “What´s your name?” pelos corredores… hehehee

E na saída das turmas, e até do lado de fora, os alunos falavam comigo e gritavam de longe, “Hello, Teacher Dayse. Hello, Zip”, Good bye, Zip.” heehehe E os papais e mamães ou vovôs e vovós do lado. Muito legal! Muitas crianças vinham me abraçar com carinho e me beijar no recreio e após o final das aulas, e algumas falaram “See you soon”…

A acolhida na escola foi maravilhosa. E ainda vi a PI de EF ensinando as crianças a ensaiar a dança para a Festa do Folclore.

Um grande beijo e Bom Trabalho para todos
Dayse